Nos próximos dias, a Biblioteca Parque da Rocinha receberá exibição de filmes de esportes, ligadas às temáticas de política e gênero. A programação faz parte do Festival Internacional de Filmes de Esporte, o FIFE, que acontece entre os dias 10 e 16 dezembro, em diversas partes do Rio e em cidades do interior do estado. O evento, que está na sua segunda edição, vai exibir filmes nacionais e estrangeiros, abordando as mais diferentes modalidades esportivas. Todas as atividades são gratuitas.

“Existem alguns festivais pelo mundo com esta temática e pensamos em fazer um aqui no Rio de Janeiro, já que a cidade tem uma natureza extremamente favorável à prática esportiva. Além do mais, as histórias envolvendo os esportes têm dramas e conquistas, muitas vezes revelando inacreditáveis histórias de superação e vitória”, diz Antonio Urano, diretor e um dos curadores do FIFE.

Amanhã, a Biblioteca Parque da Rocinha recebe um debate sobre esporte e política, com a exibição do filme ‘México 1968, a última Olimpíada livre”, que fala sobre a primeira edição latino-americana das Olimpíadas. O evento começa às 14h e, após a exibição do filme, terá um debate. Na sexta-feira, o dia também começa às 14h e terá projeção do filme ‘Mulheres Olímpicas’, que aborda a posição das mulheres dentro da sociedade e também dentro dos Jogos Olímpicos.

A história do corredora paralímpica Terezinha Guilhermina vai estar no filma ‘A Valsa do Pódio’. (Foto: FIFE/Divulgação)
A história do corredora paralímpica Terezinha Guilhermina vai estar no filma ‘A Valsa do Pódio’. (Foto: FIFE/Divulgação)

Com mais de 90 filmes, de 20 países diferentes e de 33 modalidades esportivas nas telas, o FIFE terá uma vasta programação pela cidade, incluindo mostras competitivas e debates sobre o mundo esportivo. Antecipando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, o festival terá a Mostra Memória do Esporte Olímpico, na qual serão mostradas celebrações de vitórias brasileiras.

Para Antonio Urano, o Festival Internacional de Filmes de Esporte não pretende se restringir apenas ao período em que o evento acontece. “O FIFE quer ser uma constante durante o ano, interagindo com seu público potencial em vários bairros da cidade”, afirma.

Os homenageados dessa edição do FIFE são a atleta olímpica de vôlei de praia Jackie Silva, a corredora paralímpica Terezinha Guilhermina e o atleta das embaixadinhas Jankel Schor. A programação completa do evento pode ser conferida no site FIFE.

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Atenção Básica à Saúde na Rocinha sofre com descaso da Prefeitura

Agente comunitário de saúde relata a dramática situação dos ACS

Britânico cria escola de inglês gratuita na Rocinha

Seja a mudança que você quer ver no mundo. Inspirado no pensamento…

O que podemos esperar da crise na saúde pública do Rio em 2020

Uma das maiores conquistas democráticas trazidas pela Constituição de 1988, aquela que…

Moradores da Rocinha vencem 3ª edição do Festival Brasileiro de Nanometragem

Sob aplausos da platéia, o vídeo “Anjos não falam” venceu o 3º…