Profissionais de saúde que atuam na Rocinha denunciam que o tomógrafo instalado no Centro de Imagem da Rocinha queimou por falta de refrigeração. Na quinta-feira passada (18/6), a Secretaria Municipal de Saúde informou que o tomógrafo começaria a atender a população nesta segunda-feira (22/6). O Fala Roça procurou a Secretaria Municipal de Saúde que não se manifestou até a última atualização desta reportagem.

A informação de que o aparelho sofreu uma pane também foi divulgada em um telejornal da TV Globo na noite desta segunda-feira (22/6).

O assessor da Prefeitura do Rio, William de Oliveira, publicou em sua conta no Facebook, nesta terça-feira (23/6), que foi até o local para averiguar as condições do aparelho de tomografia. “Era fake news ele vai funcionar 24hrs segue a utilização a partir de hoje. Os que querem atendimento passará pela clínica da família, UPA ou qualquer unidade municipal de saúde”, informou no post. No entanto, não há confirmação sobre a data da filmagem do material.

A vice-presidente da Câmara dos Vereadores, a vereadora Tania Bastos, afirmou que o tomógrafo instalado na Rocinha já está em funcionamento para a realização de exames. No entanto, o Fala Roça foi até o Centro de Imagem no terreno da igreja Universal do Reino de Deus e encontrou o acesso fechado para pacientes.

Perto dali, o prefeito do Rio Marcelo Crivella e funcionários do Hospital Municipal Miguel Couto e do CER Leblon fizeram uma coletiva de imprensa para apresentar os equipamentos que chegaram para as unidades hospitalares.

O coordenador do coletivo Fala Subúrbio, Danilo Firmino, disse que pedirá a Justiça do Rio para que façam uma perícia no aparelho. “Nossos advogados já fizeram um pedido que a Justiça do Rio verifique os motivos pelos quais o tomógrafo foi danificado e responsabilize o culpado. O culpado sem dúvida foram aqueles que afirmaram que o local tinha condições de receber o aparelho. Os atos de improbidade administrativa do atual prefeito e sua gestão é um fio sem fim para a população carioca.”, afirmou Danilo Firmino.

Está semana a prefeitura divulgou uma pesquisa no qual estimam que 16 mil moradores da Rocinha estão com Covid-19. Segundo o painel de monitoramento da Covid-19 na Rocinha, já foram registradas 58 mortes no morro. 228 moradores permanecem internados com síndrome respiratória aguda grave e 87 tiveram alta registrada. 

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Homem de 43 anos morre com coronavírus após dar entrada na UPA da Rocinha

Um homem de 43 anos morreu com coronavírus na última quinta-feira (16),…

Rocinha lidera nº de casos de coronavírus em favelas no Rio; já são 34 infectados

34 moradores da Rocinha estão infectados com o novo coronavírus, o covid-19,…

Homem morre de coronavírus 17 dias após perder pai para a doença na Rocinha

Alexandre Moreira ficou internado por 2 semanas no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer

Desempregado, padeiro produz pães e doa para moradores na Rocinha

Em média, cada saco montado pela família de Isael Jacinto tem 5 pães