A Câmara Municipal do Rio de Janeiro entregou nesta segunda-feira (11/04) a medalha Pedro Ernesto, maior honraria da casa, para o coletivo Tamo Junto Rocinha pelo reconhecimento das ações sociais realizadas na Rocinha. A iniciativa partiu do vereador Paulo Pinheiro, tendo em vista os esforços feitos pelo coletivo durante a pandemia de Covid-19 para garantir o abastecimento, informação e educação aos moradores da Rocinha. 

“Acho que é a maior importância de reconhecer não só a ação do Tamo Junto mas também compartilhamos esse reconhecimento com todas as instituições, grupos e coletivos das favelas daqui da nossa cidade, que atuaram de forma massiva para mitigar os impactos da pandemia. Receber essa medalha Pedro Ernesto que tem também o seu histórico de dedicação à saúde, educação pública diz muito com o que o Tamo junto propõe à comunidade.”, afirmou o coordenador do coletivo Davison Coutinho. 

O coletivo Tamo Junto Rocinha atua desde 2014 em questões de políticas públicas e ações humanitárias, com o apoio de voluntários do próprio território.

Na solenidade, o vereador Paulo Pinheiro (PSOL) elogiou a coletividade dos jovens. “Achamos justíssimo a Câmara aprovar uma medalha para homenagear aqueles que pensam coletivamente e que ajudaram muito na segurança alimentar, no trabalho e na saúde do Rio de Janeiro.”, disse o vereador. 

Medalha Pedro Ernesto

A Medalha de Mérito Pedro Ernesto foi criada através da resolução nº40, em 20 de Outubro de 1980. Ela é a principal homenagem que a Câmara Municipal do Rio de Janeiro presta a quem mais se destaca na sociedade brasileira ou internacional. 

A honraria recebeu esse nome em reconhecimento ao trabalho do prefeito Pedro Ernesto, em uma época conturbada, fez frente ao projeto que visava transformar o Rio de Janeiro numa potência do turismo. E por isso sua figura é estampada nas duas medalhas que fazem parte do conjunto.

Na lista de homenageados que já receberam essa honraria consta a Orquestra Maré do Amanhã, a jogadora Marta, o campeão olímpico Paulinho, o narrador José Carlos Araújo, a jornalista Suzana Naspolini, o governador Cláudio Castro e o vice-presidente Hamilton Mourão. 

Assine nossa newsletter

Receba uma curadoria das nossas reportagens.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Livro aborda a vida de travestis na Rocinha

Ser LGBTQIAP+ na favela significa encontrar a liberdade mesmo em espaço de opressão

Moradores da Rocinha agora podem agendar atendimentos para o CadÚnico pela internet

A Prefeitura do Rio lançou nesta terça-feira (9/5), o piloto do CadÚnico…

Confira aqui o Calendário 2020 do Ônibus da Justiça Itinerante na Rocinha

De janeiro até junho de 2019, 869 moradores da Rocinha foram atendidos

MPRJ instaura inquérito contra Águas do Rio por falta de água na Rocinha

O Ministério Público do Rio de Janeiro, por meio da 2° Promotoria…