O Barraco Adentro, podcast criado pelo jornalista Cleber Araújo, lançou no início de julho uma temporada com sete episódios sobre moradores que participaram de mobilizações e conquistas significativas para a Rocinha — contemplando acontecimentos que ficaram às margens da história oficial da cidade do Rio de Janeiro. O podcast é dedicado a contar histórias relacionadas ao cotidiano favelado.

“Rocinha, uma história de lutas” é a primeira temporada do programa, disponível no Spotify e conta a história de José Martins de Oliveira, liderança que desde a década de 1970 batalha para implementar serviços básicos de saneamento em prol da melhoria da qualidade de vida no território. Em seus relatos, Martins relembra a sua atuação na instalação da rede de água potável no Bairro Barcelos (parte baixa da Rocinha) e a importância dos padres jesuítas na organização comunitária nas frentes populares que resultaram em conquistas significativas para comunidade.

O idealizador Cleber Araújo contou ao Fala Roça que o projeto planeja disputar o imaginário coletivo com uma abordagem mais humanizada sobre a favela e o favelado. Nascido e criado na Rocinha, para ele é importante resgatar histórias silenciadas. “São histórias, que foram silenciadas e negligenciadas pela ótica dos ‘vencedores’ [classe dominante/elite privilegiada]. Essa é uma questão que venho debatendo de alguma forma. Favela é cidade e nós, cidadãos, temos que estar inseridos”, explicou Araújo.

Os outros episódios abordam assuntos como saneamento básico, educação, comunicação comunitária, cultura e muitos outros. Sempre buscando pessoas que participaram ativamente dessas lutas, como o Sr Martins [participante do primeiro episódio] que atuou no bairro Barcelos com a conquista do direito à água. Pessoas que valorizam o espírito da comunidade, coletividade.

“Quando olhamos para trás e vemos a comunidade [o que a Rocinha se forma], há muita especulação imobiliária, uma potência enorme e muitas outras coisas acontecendo. Ela [a favela/comunidade] vai perdendo a capacidade de ser comunidade e se torna território, no sentido acadêmico de que esse lugar cresce e há conflitos de interesses, e as pessoas vão se importando menos no quesito comunidade.”, avalia o criador do podcast.

Para ouvir o Barraco Adentro é preciso acessar o Spotify, plataforma onde o programa está hospedado. Também é possível acompanhar os episódios pelo Google Podcasts, que facilita o acesso para pessoas com dificuldades ou que não querem baixar o Spotify.

Assine nossa newsletter

Receba uma curadoria das nossas reportagens.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Mapeamento cultural da Rocinha revela diversidade de projetos

Levantamento do Fala Roça vai virar guia cultural digital e mostrar a produção cultural no Morro

Grupo de dança na Rocinha procura bailarinos para espetáculo afro brasileiro

Na próxima sexta-feira (15/1), a professora dança e coreógrafa Ana Lúcia Silva realizará uma audição para…