A tradicional Via Sacra da Rocinha, ganhou, na quarta-feira, 23, o reconhecimento como Patrimônio Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro. O projeto de lei, de autoria do vereador Paulo Pinheiro, foi sancionado pelo vereador Jorge Felippe.

O ator Lucas Valentim interpreta Jesus durante uma procissão da Paixão de Cristo na Rocinha. (Foto: Léo Correa/AP)
O ator Lucas Valentim interpreta Jesus durante uma procissão da Paixão de Cristo na Rocinha. (Foto: Léo Correa/AP)

A Via Sacra da Rocinha é uma procissão encenada da vida de Jesus, que percorre 2,7 km, indo do Largo do Boiadeiro até a Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem, na Fundação, usando a própria favela como cenário desde 1992. O evento acontece anualmente na Sexta-feira Santa e atrai milhares de moradores e visitantes.

Apesar de encenar uma história mundialmente conhecida, o diretor do espetáculo e criador da Companhia Roça CaçaCultura, Aurélio Mesquita, propõe uma reflexão sobre a atualidade a partir da caminhada de Jesus.

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

A história do homem das pulseiras de borracha: “Você ama a Rocinha?”

Carlan Renato da Silva, de 55 anos, nasceu na Rocinha, mas morou…

Fala Roça vence edital da Brazil Foundation

O Fala Roça é um dos ganhadores do “Prêmio de Inovação Comunitária…

Moradores oferecem futebol como ferramenta de inclusão social

A paixão nacional usada como instrumento de inclusão de crianças e adolescentes…