A Cia Livre de Dança, liderada pela professora Ana Lúcia Silva, organizou nesta terça-feira 09/10, um aulão de dança no Centro Coreográfico, na Tijuca. A atividade contou com a presença da bailarina Arielle Macedo, coreógrafa de vários hits da cantora Anitta. Celebrando o Mês das Crianças, foi pedido que cada aluno doasse um quilo de alimento e um brinquedo. As arrecadações serão revertidas para as famílias da Rocinha.

Arielle Macedo e Ana Lúcia Silva (Foto: Nara Roboredo)

A aula estava lotada e não é para menos. Arielle Macedo tem 29 anos, nasceu em São Gonçalo numa família de vários dançarinos e vem ganhando cada vez mais fãs do seu trabalho. Suas coreografias ficaram mundialmente conhecidas através da Anitta. “A dança me escolheu, danço desde sempre e desde cedo aprendi que minha dança pode me levar a novos caminhos”, lembra Arielle.

Questionada sobre tanta gente admirando suas coreografias, inclusive crianças, ela explica: “me preocupo com o fato de ser espelho para as pessoas e faço de tudo para passar só o bem”. Até então tem dado certo. Em suas redes sociais são só elogios. Arielle vai passar a ser ainda mais próxima do público pois estará na próxima edição do reallity “Alto Leblon”, do canal E!, previsto para começar em abril de 2019.

Alunos se aquecendo para a aula (Foto: Michele Silva)

A parceria entre Arielle e Ana Lúcia não é de hoje. “O primeiro aulão foi na Rocinha em 2014. Dessa vez o evento foi no Centro Coreográfico por duas razões: A Rocinha infelizmente não tem um espaço que comporte tanta gente confortavelmente para uma aula desse porte, por isso fomos para o Centro Coreográfico que é um ótimo espaço público. Isso também estimula que bailarinos da Rocinha possam conhecer e se integrar com bailarinos de outras áreas da cidade”, explica a professora.

Ana Lúcia é veterana na dança e já representou a Rocinha até em eventos interacionais. Ela começou a desenvolver seu projeto como voluntária, no CIEP Dr. Bento Rubião, na Curva do S, na Rocinha. Desde então vem se dedicando à comunidade onde fundou sua escola, a Cia Livre de Dança. Prestes a completar 18 anos lecionando dança, Ana Lúcia celebra por ter ido tão longe. Hoje a Cia Livre de Dança é Ponto de Cultura Municipal, oferecendo oficinas gratuitas de percussão, ballet clássico, dança contemporânea, dança afro, danças urbanas, já com inscrições abertas para 2019. Você pode encontrar a Cia Livre de Dança na Via Ápia, 44 – sala 301.

“Muita coisa continua chegando porque pessoas que não fizeram a aula toparam ajudar também. Estamos fazendo isso não só pelo Dia das Crianças, mas porque acreditamos que ajudar o próximo é parte do dever solidário de todos nós”, explica Ana Lúcia. As doações arrecadadas no aulão serão entregues a partir da próxima semana. A equipe do Fala Roça também vai acompanhar as entregas.

E por falar em espaço público…

O Centro Coreográfico fica na Tijuca (Rua José Higino, 115) e é um equipamento público sob gestão da Prefeitura do Rio, dedicado à arte da dança. Para entender melhor as formas de uso do espaço, Diego Dantas, diretor artístico da instituição, convida aos interessados a visitar o Blog do Centro Coreográfico.

Confira a galeria com as fotos da Nara Roboredo, fotógrafa de cenas artísticas que cobriu o evento. Você encontra mais sobre o trabalho dela no Instagram.

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Atenção Básica à Saúde na Rocinha sofre com descaso da Prefeitura

Agente comunitário de saúde relata a dramática situação dos ACS

Britânico cria escola de inglês gratuita na Rocinha

Seja a mudança que você quer ver no mundo. Inspirado no pensamento…

O que podemos esperar da crise na saúde pública do Rio em 2020

Uma das maiores conquistas democráticas trazidas pela Constituição de 1988, aquela que…

Moradores da Rocinha vencem 3ª edição do Festival Brasileiro de Nanometragem

Sob aplausos da platéia, o vídeo “Anjos não falam” venceu o 3º…