O Governo do Rio, por meio da Secretaria Estadual de Trabalho e Renda (SETRAB), autorizou a implantação da Casa do Trabalhador na Rocinha. A implantação do núcleo atende a um pedido de ementa do vereador Marcelo Arar. Ainda não há confirmação do local onde será instalado a unidade. 

A Casa do Trabalhador é um programa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, criado em 2013, através da Lei nº 6.611/2013, com o objetivo de implementar políticas de trabalho, emprego e geração de renda, estimular a formação e a qualificação dos cidadãos.

A casa desenvolve ações de apoio ao trabalhador para contribuir com a sua inserção, reinserção e manutenção no mercado de trabalho por meio de parcerias com instituições formadoras de ensino.

O espaço também oferece suporte para a emissão de carteira de trabalho digital (1ª e 2ª via), orientação sobre primeiro emprego, estágio, instruções sobre elaboração de currículo, auxílio de cadastro no Balcão de Empregos da Prefeitura, atendimento para o seguro-desemprego, entre outras indicações para o mercado de trabalho. 

Atualmente, existem nove unidades implantadas no Estado do Rio de Janeiro – Manguinhos, Ilha do Governador, Guadalupe, Petrópolis, Itatiaia, Nova Friburgo, Seropédica, Miguel Pereira e Teresópolis.

Assine nossa newsletter

Receba uma curadoria das nossas reportagens.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Coletivo Tamo Junto Rocinha recebe maior honraria da Câmara do Rio

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro entregou nesta segunda-feira (11/04) a…

10 chapas disputam a eleição da Associação de Moradores da Rocinha

Passada a eleição municipal, os moradores voltam as atenções para a eleição…

Livro aborda a vida de travestis na Rocinha

Ser LGBTQIAP+ na favela significa encontrar a liberdade mesmo em espaço de opressão