De dentro para dentro. Assim pode ser resumido o jornalismo praticado pelos voluntários do Jornal Fala Roça, que existe desde 2013. Os conteúdos têm foco na histórias dos moradores da Rocinha e são produzidos por pessoas que vivem aqui, dando um olhar local para as notícias. Com o intuito de formar novos comunicadores para integrar a equipe, estão abertas as inscrições para a segunda oficina de comunicação comunitária.

Podem se inscrever moradores da Rocinha, com idade entre 15 e 29 anos. Os jovens não precisam ter conhecimento sobre jornalismo e as aulas serão sempre aos sábados, na parte da manhã, com início no dia 9 de julho. Ao todo, serão oito encontros, com encerramento previsto para a segunda quinzena de agosto. Nesse segundo ciclo, serão selecionados dez jovens, o dobro da primeira edição. Esse aumento foi necessário por causa da grande procura de inscritos na primeira turma, que superou oito vezes mais o número de vagas.

Alunos acompanham aula sobre jornalismo social com a jornalista Núria Saldanha. (Foto: Divulgação/Fala Roça)
Alunos acompanham aula sobre jornalismo social com a jornalista Núria Saldanha. (Foto: Divulgação/Fala Roça)

Durante a oficina, os participantes aprenderão sobre a história da Rocinha; como fazer um texto jornalístico; noções básicas sobre fotografia; e o texto ideal para as redes sociais. Fernando Ermiro, do Museu Sankofa – Memória e História da Rocinha, Lilian Saback, professora da PUC-Rio; e Naldinho Lourenço, fotógrafo que mora no Complexo da Maré, são alguns dos professores dessa segunda turma.

Para Monica Paulo Ferreira, agente comunitária de saúde da Rocinha e integrante da primeira turma, a oficina foi boa para ampliar seu conhecimento sobre o local onde mora.

“Gostei muito da troca de experiências entre a equipe do jornal e os alunos da oficina. Aprendi bastante sobre a visão que temos do que é ser comunicador e a forma de contar as histórias para a comunidade, porque estamos falando para pessoas com perfis diversos. Além disso, tive interesse em aprender um pouco mais sobre a Rocinha e talvez colaborar de alguma forma, divulgando notícias que a população necessita saber”.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de junho, nesse link https://bit.ly/oficinafalaroca. A equipe do jornal entrará em contato com os selecionados a partir do dia 3 de julho.

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Atenção Básica à Saúde na Rocinha sofre com descaso da Prefeitura

Agente comunitário de saúde relata a dramática situação dos ACS

Britânico cria escola de inglês gratuita na Rocinha

Seja a mudança que você quer ver no mundo. Inspirado no pensamento…

Tribunal de Justiça do RJ proíbe Crivella de remover lojistas no Camelódromo da Rocinha

Os lojistas do Camelódromo da Rocinha conseguiram uma liminar no Tribunal de…

O que podemos esperar da crise na saúde pública do Rio em 2020

Uma das maiores conquistas democráticas trazidas pela Constituição de 1988, aquela que…