Após ficar suspenso por cerca de um ano e cinco meses devido a instabilidade na segurança pública, o programa Justiça Itinerante voltou a atender os moradores da Rocinha desde a metade do ano passado. De janeiro até abril de 2019, 628 moradores receberam atendimentos na unidade móvel.

Na unidade móvel, o cidadão pode ajuizar, sem advogados, ações no valor de até 20 salários-mínimos na área cível e ações e natureza consensual, abrangendo: cobranças de aluguel, de títulos e de dívidas em geral; pensão alimentícia e reconhecimento voluntário de paternidade. Além disso, os moradores podem resolver ações envolvendo acidentes de trabalho; guarda entre pais; divórcio amigável, danos materiais e morais; questões envolvendo direito do consumidor, dentre outros.

O Justiça Itinerante é um programa gratuito, coordenado pela Diretoria Geral de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) em conjunto com a Divisão de Justiça Itinerante e acesso à Justiça (DIJUI) e Departamento de Instrução Processual (DEINP).

Confira os meses e dias dos atendimentos em 2019

Os atendimentos às terças-feiras, das 9h às 15h, no Centro de Cidadania Rinaldo de Lamare, localizado à Rua Berta Lutz com Av. Niemeyer, n° 776.

Junho04 e 18
Julho02
Agosto06 e 20
Setembro03 e 17
Outubro01 e 22
Novembro05 e 26
Dezembro03 e 17

Dúvidas sobre o programa podem ser enviadas para o e-mail justicaitinerante@tjrj.jus.br ou ligar para o número (21) 3133-3468. O Tribunal de Justiça do Rio também tem uma ouvidoria pelo telefone: 0800 285 2000.

Total
125
Shares

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Recode seleciona jovens para formação completa em programação

Curso intensivo terá duração de cinco meses

Inscrições abertas para cursos de férias no NEAM/PUC-Rio

São 8 tipos de cursos para jovens entre 14 e 24 anos

Como obter isenção de 2º via de documentos na Rocinha

Perder os documentos é sempre uma dor de cabeça, seja se foi…