Parece notícia repetida, mas aconteceu, de novo: moradores entraram em contato com o Fala Roça para denunciar a falta de água em suas casas. Segundo a Região Administrativa da Rocinha, uma bomba da Cedae que abastece parte da favela quebrou na terça-feira (17) e ainda não tem previsão para ser consertada.

Moradores usaram as redes sociais para expressar preocupação com a falta de água na Rocinha. “Só faltava isso, como nos prevenir sem água e com dificuldades de encontrar álcool gel”, lamenta Maria da Penha Carvalho. Outra moradora disse que a falta de água já existe há muito tempo. “Quebrou ontem, mas tem lugares a duas semanas sem água”, denuncia Sonia Rodrigues.

Bomba abastece milhares de moradias na Rocinha e está quebrada há dois dias. (Foto: RA Rocinha)

Apesar da falta de água ser um problema antigo para quem mora na favela, o momento exige atenção porque o mundo está enfrentando uma pandemia do novo coronavírus que provocou a morte de 25 pessoas no estado do Rio de Janeiro.

No início da noite desta quarta-feira (18), a Cedae informou por nota que uma “equipe da Cedae realizou reparo em elevatória que atende a localidade. O serviço já foi concluído e o abastecimento está sendo normalizado”.


Apoie o jornalismo de favelas. Apoie o Fala Roça.

Fazer jornalismo na favela é um imenso desafio. Nós sempre fizemos nossas matérias abordando diversos aspectos da Rocinha. Seja no jornal impresso ou no site. Contribuindo com o Fala Roça, você estará fortalecendo o jornalismo feito na favela, independente, e com um olhar de quem nasceu e mora até hoje no morro. Pode dar essa moral? ?

Assine nossa newsletter

Receba uma curadoria das nossas reportagens.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Justiça dá 48 horas para Light restabelecer energia elétrica na Rocinha sob pena de multa diária de R$ 50 mil

A Justiça do Rio determinou, neste sábado (18/11), que a Light restabeleça…

Pacientes com transtornos mentais recebem atenção humanizada em residências terapêuticas na Rocinha e Vidigal

Com equipe de cuidadores 24 horas, o trabalho oferecido nas casas tem o objetivo de fortalecer a independência dos residentes e o tratamento em liberdade

Fala Roça participa de encontro de agroecologia e saúde nas favelas do Rio promovida pela Fiocruz

A expectativa é que, partindo deste encontro “semente”, os vínculos entre as iniciativas permaneçam sendo aproximados e que o XII Congresso Brasileiro de Agroecologia seja uma nova oportunidade de diálogo da rede, que também pretende planejar um encontro em 2024 para articular ações coletivas futuras

Bebê da Rocinha com AME precisa de remédio de R$ 12 milhões

A pequena Eloah Rodrigues de Souza, de três meses de idade, recebeu…