O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, participou nesta quinta-feira (01/11), da entrega da obra emergencial de contenção de encosta no Largo das Flores, na Estrada da Gávea, próximo à estação do Metrô de São Conrado. Em julho deste ano, o deslizamento de 90 toneladas de pedra e terra provocou o fechamento do acesso à Estrada da Gávea nesse ponto, além de causar um grande susto por ser um local de intensa movimentação de moradores e veículos.

Foto: Nilo Ventura / Prefeitura do Rio

A obra durou quatro meses e custou R$ 890 mil reais. Segundo Crivella, a obra faz parte de uma preparação para o verão. “Não são apenas contenções, estamos com equipe grande nas ruas, limpando bueiro. Aqui são 120 metros quadrados, e os tirantes (peças estruturais) são penetrados a 12 metros dentro da rocha. Não há chance nenhuma de isso cair. É uma obra com muita garantia”, disse Crivella.

Entre os serviços executados estão a implantação de 122 metros quadrados de cortina atirantada (uma das técnicas de contenção usadas na obra) e a instalação de 30 tirantes (peça estrutural), além de 200 metros quadrados de tela de alta resistência (malha de contenção) e cinco metros cúbicos de desmonte de rochas.

No início do ano, o bispo prometeu dar um banho de loja na favela. Moradores reagiram classificando a declaração como uma proposta cosmética, dando a entender que os antigos problemas do morro nunca são solucionados, como o saneamento básico. Um conjunto de obras da prefeitura na Rocinha estão sendo feitas pela empresa Tifara Construções e Consultoria. Esse é o quinto contrato sem licitação feito com a mesma empresa.

Nas redes sociais, o prefeito publicou um vídeo de um minuto onde explica o processo da obra e relembra outras obras de contenção nas localidades Dionéia e Laboriaux, no alto da Rocinha.

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Projeto da ONU procura moradores para trabalhar dentro da Rocinha

Vagas são para atuar no programa Territórios Sociais

Prefeitura desativa projeto ambiental na Rocinha

Moradores e responsáveis pelo projeto social “De Olho no Lixo” foram surpreendidos…

Novos deslizamentos podem acontecer em 2020 se não houver obras na Rocinha, afirma defensora pública

Declaração foi dada durante audiência pública da CPI das Enchentes