O aquecido comércio da Rocinha poderá contar com um reforço nos negócios. O Sebrae Rio retomou o projeto “Plantões nas Comunidades”, que oferece consultorias gratuitas para microempreendedores individuais e potenciais empreendedores.

Com o objetivo de capacitar e fortalecer os negócios locais, as orientações abordam gestão de negócios, como definir preço dos produtos e serviços, controle e organização do caixa e finanças, plano de negócios, vendas, marketing digital, orientação para emissão de nota fiscal, regularização e abertura de MEI.

“A pandemia impactou substancialmente o desemprego no país, deixando milhões de pessoas desempregadas, que viram no empreendedorismo uma saída para gerar renda e manter suas famílias. Por outro lado, muitos empreendedores em comunidades abrem uma empresa pela motivação. As consultorias irão ajudá-los a melhorarem suas habilidades de gestão e a aumentarem o faturamento, além do desenvolvimento de um plano de negócios para quem quer iniciar um empreendimento”, conta a analista Thainar Xavier.

Em 2021, o projeto atendeu mais de 3,5 mil empreendedores. Este ano, o atendimento estará disponível, de forma presencial, até o mês de novembro. As consultorias são realizadas nas segundas-feiras, iniciando sempre às 10h e terminando às 16h, na Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, na Estrada da Gávea, 445.

“O empreendedor de comunidade ganha uma vantagem operacional. Ele estabelece uma oportunidade de negócio e trabalha dentro da sua própria comunidade, o que gera confiança e reconhecimento dos vizinhos. Quando esse empresário estiver capacitado com as melhores ferramentas do mercado, ele pode atingir metas de forma mais eficaz e assertiva”, conclui Thainar.

*Com informações da Agência Sebrae de Notícias

Assine nossa newsletter

Receba por e-mail informações sobre a maior favela do Brasil.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

Com 35 lojas e praça de alimentação, Shopping Rocinha é inaugurado

Um novo centro de compras e serviços foi inaugurado na Rocinha nesta…

Ricardo Eletro fecha loja na Rocinha após prisão de fundador

A rede de eletroeletrônicos Ricardo Eletro fechou a loja na Rocinha esta…

Auxílio emergencial: a fome não pode esperar

Os impactos econômicos provocados pela pandemia atingiram em cheio a mesa das…